19.12.08

# 128 Parem as rotativas: Kraftwerk abre shows do Radiohead no Brasil!

Eu pretendia terminar o ano suavemente, com uma histórinha bonita, mas tudo isso foi solapado pela bomba do ano: KRAFTWERK IRÁ ABRIR OS SHOWS DO RADIOHEAD NO BRASIL!

Sim, letras garrafais, porque a notícia é ótima, e está no site do Radiohead. Nada no do Kraftwerk, as usual. Dois shows, que são considerados de altíssimo nível, ocorrerão juntos no Rio de Janeiro e em São Paulo, além de México, Buenos Aires e Santiago do Chile. Fantástico. Eu que já comprei meu ingresso para o Radiohead, ganho agora o bônus de ver o Kraftwerk novamente, mesmo que sem o Florian. Belo presente de Natal, não? Agora é comprar para o Rio também.

E voltem para o post abaixo, para ler a história de fim de ano.

# 127 croniquetas engraçadinhas

Caros,

como a partir de sábado e até o dia 5 de janeiro possivelmente estarei off line, deixo aqui parcas linhas, uma pequena polaroid reveillonística. Enjoy e boas festas!

Dezembro é mesmo o mês da festa, e são tantas que não conseguiremos comparecer em todas. Além disso, temos ainda que peregrinar para o muro das lamentações shoppínicas, coisa que ainda não fiz, mas pretendo até sexta, pois sábado a Madonna, não a de Munch com sua moldura de espermatozóides, vai preencher minha vã mente, teletransportando-me (juntamente com a minha princesa consorte) para um plano hedonista, onde o fluxo sonoro-visual será uma constante por dois dias, finalizando no domingo à noite, mais precisamente possivelmente nas primeiras horas de segunda.

Daí é só outra viagem estelar para Black Stream, onde pretendo passar a natividade entre os meus (os teus e os vossos ficarão para outra oportunidade). Tal Coluna Prestes do século 21 continuará depois que o último pedaço de tender com abacaxi for sorvido pelo cachorro da minha prima (são três, na verdade, o que demanda um senhor tender gigante), quando retornaremos à finada cidade-garoa para uma pequena parada para alimentar as possivelmente sedentas plantas de casa, ponto no qual zarparemos rumo ao sul em direção à aurora austral patagônica, espetáculo que infelizmente não presenciaremos, pois pararemos na deliciosa ilha de Florianópolis, sem antes passar pelas paisagens sub-aquáticas do lindo estado, e torcendo para que as barreiras terrestres tenham sido dizimadas, ou necessitaremos de diversos carros de bombeiro.

Pedi para Papai Noel este ano um ménage a quatre com Bjork, PJ Harvey e Tori Amos, mas infelizmente o bom velhinho me disse que eu não havia sido um bom menino nos últimos setecentos anos, e que tal regalia não me seria oferecida, eu que me contentasse com uma nova camiseta Hering preta. Ah, por que fui jogar aquele gato de cima da escada? Se eu soubesse dos desdobramentos tempo-espaciais...

No mais, deixo vocês em companhia de um refastelador texto de Andre Breton, que ilustra muito bem este tempo natalino:

"Cada dia nos traz, na ordem da confiança e da esperança depositadas, com raras exceções, generosamente demais nos seres, uma decepção nova que é preciso ter a coragem de admitir, ainda que fosse - por medida de higiene mental - para debitá-la na conta horrivelmente devedora da vida. Não tinha liberdade Duchamp de abandonar a partida que jogava, à vizinhança da guerra, por uma partida interminável de xadrez, que talvez dê uma idéia curiosa de uma inteligência contrária a servir mas também - sempre esse execrável Harrar - parecendo pesadamente afetada de ceticismo, na medida que se recusa a dizer por quê. Ainda menos convém perdoarmos ao sr. Ribemont-Dessaignes dar como sequência ao Imperador da China uma série de odiosos romancinhos de tipo policial, mesmo assinados: Dessaignes, nas quais ordinárias publicações cinematográficas. Inquieta-me, enfim, pensar que Picabia poderia estar em dias de renunciar a uma atitude de provação e raiva quase puras, que às vezes achamos difícil conciliar com a nossa, mas que, pelo menos em poesia e em pintura, sempre nos pareceu defender-se admiravelmente: "Aplicar-se a seu trabalho, trazer aí o ofício sublime, aristocrático, que nunca impediu a inspiração poética, e que, só ele, permite a uma obra atravessar os séculos e permanecer jovem... é preciso prestar atenção... é preciso cerrar fileiras e não querer agir sem lealdade entre conscienciosos... é preciso favorecer o desabrochar do ideal", etc. Até com pena da Bifur, onde estas linhas foram publicadas, quem fala assim é o Picabia que conhecemos?"

besos

nico

17.12.08

# 126 Florian Schneider quit Kraftwerk

Sim, agora é oficial. Kraftwerk não é mais Ralf and Florian. O que eu já previa, desde que Florian parou de comparecer aos shows do Kraftwerk este ano, se concretizou. Como sempre, apenas uma linha com uma data e o que aconteceu. Infelizmente a banda que inventou a música eletrônica acabou. Nunca mais vocoders maravilhosos, nunca mais aqueles timbres elaborados, camadas em cima de camadas, nunca mais a perfeição sonora, que foi o que fez a diferença. Morre o Kraftwerk e talvez nasça outro Kraftwerk. Vamos ver o que Mr Ralf Hütter irá fazer. Kraftwerk está morto, viva o Kraftwerk!

5.12.08

# 122 Tiro ao alvo barroco

Copacabana
Constante Ramos

Nos fundos de uma loja eletrônica Sony funciona a boutique jornalística Paulo Francis
Reduto de todos aqueles fissurados pelo lado feérico obsceno apocalíptico, espetacular do jornalismo
Reduto de todos aqueles amantes desses shows de realidade patrocinada que são os telejornais.

Um estudante de comunicação entra na boutique Paulo Francis e vai direto no balcão das locutoras
Você encontra fitas de vídeocassete com as gravações de notícias initerruptas narradas pelas mais belas locutoras dos mais famosos telejornais do mundo inteiro.

Suando frio
Com os olhos rútilos
o rapaz chega no balcão e pede
O rap d'Anne Stark balconista
O rap d'Anne Stark
O rap d'Anne Stark balconista
Eu quero o rap d'Anne Stark
O rap d'Anne Stark balconista
Me vê o rap d'Anne Stark

Ela dá o rap d'Anne Stark pra ele
Ele paga, coloca debaixo do braço e volta pra sua residência
Número 22 da rua Barão de Ipanema, onde ele aluga um quarto num amplo apê habitado por cinco viúvas sinistras que vivem praticando tiro ao alvo em réplicas das estátuas do Aleijadinho.
Ele atravessa as viúvas sinistras praticando tiro ao alvo barroco, entra no seu quarto, olha pra sua cama, cercada de aparelhos de telex, revistas e jornais, de frente prum telão.
Ele lembra da sua namorada peladinha perguntado rpa ele na sua cama:
Como você se definiria meu amor?
Daily Newsweek Time eu sou

Estudante de comunicação vai pro centro do quarto e liga o telão
Tira o velho rap d'Anne Stark
Coloca o novo rap d'Anne Stark
Pois no seu telão só rolam initerruptos raps d'Anne Stark
Initerruptos raps d'Anne Stark

Quando a imagem da loura aparece ele sente-se um Hamlet contemporâneo
Um Hamlet contemporâneo não segura caveirinha não

Ele fica perplexo mas é com a realidade diluída numa tela de TV por uma boca loura liquidificadora de notícias.

Um Hamlet contemporâneo olha pro motivo do seu ser ou não ser today.
Entre a guerra Irã Iraque e um plano de ataque o que ela me diz?

A equipe de som Furacão 2000 vai animar a festa de lançamento da coleção pret-à-porter dos armamentos bélicos brasileiros.

Os diretores das principais redes de televisão do mundo estão preocupados pois os superstars do terrorismo internacional: Sendero Luminoso, Organização Separatista Basca ETA, Exército Republicano Irlandês, o IRA e as Brigadas Vermelhas estão pedindo luvas altíssimas para renovarem seus contratos com os telejornais.

Rap D'Anne Stark - Fausto Fawcett

3.12.08

# 121 Wonarllevyston Garlan Marllon Branddon Bruno Paullynelly Mell

Incrível! Aproveite e crie o nome do seu filho com o gerador de nome de pobre.

Fonte: Última Instância

A Justiça do Mato Grosso do Sul realizou uma audiência inusitada em junho de 2007. Um menino de 13 anos entrou com uma ação para alterar seu nome e o juiz teve que ouvir sua mãe, a fim de entender porque havia batizado o menino como Wonarllevyston Garlan Marllon Branddon Bruno Paullynelly Mell - havia mais quatro nomes, que foram ocultados pela Justiça para preservar o garoto.


A mãe, Dalvina Xuxa, disse ao juiz Fernando Paes de Campos, da 5ª Vara de Fazenda e Registros Públicos de Campo Grande, que escolheu o nome para atender às várias sugestões que recebeu, mas admitiu ter exagerado.

O juiz afirmou que Dalvina passou dos limites ao tentar “enfeitar” e “sofisticar” o nome do filho, mas ressaltou que o “capricho” só aconteceu por negligência do tabelião de registro, já que a legislação não permite situações como essa.

Conhecida como Lei dos Registros Públicos, a Lei nº 6015 de 1973 proíbe que cartórios civis registrem pessoas com nomes considerados vexatórios ou esdrúxulos, medida que já apresentando resultados, segundo Cíntia Santos Pereira, do 2º Serviço Notarial e de Registro Civil de Campo Grande.

Mas o fato de a lei ter feito com que diminuíssem o número de casos como o de Wonarllevyston, não impediu que a Justiça de Mato Grosso recebesse recursos de pessoas que pretendiam alterar suas certidões, a fim de trocar nomes como Altezevelte, Alucinética Honorata, Claysikelle, Frankstefferson, Hedinerge, Hezenclever, Hollylle, Hugney, Khristofer Willian, Maxwelbe, Maxwelson, Mell Kimberly, Necephora Izidoria, Starley, Uallas, Udieslley, Ulisflávio, Venério, Walex Darwin, Wallyston, Waterloo, Wildscley, Wochton, Wolfson, Yonahan Henderson, Locrete.

# 120 Hamlet contemporâneo



surtopia 2012 - [farvolivian sourje]. Saiba mais.

1.12.08

# 119 Cactus de São Pedro

Observação dos sintomas de consumo de chá de cactus peruano. Universo: duas cobaias.

Sintomas iniciais:

1. Ausência leve (15 min) - descrito como brisa.

2. Ausência profunda (30 min) - primeiro participante se ensimesmou no celular. Segundo participante simplesmente sumiu.

3. Sentimento de pertencer ao grupo (45 min) - s.i.c. "Vamos fazer mais pra todo mundo". s.i.c. "Acho que todo mundo tem que tomar".

4. (1 hora) - em busca de sociabilização, as cobaias futiram do laboratório.

5. Elevação da libido (1:15) - participantes se aproximaram (juntos) de exemplar do sexo oposto. Possível sintoma da competição entre os machos. Participante 2 obtém resposta positiva (olho no olho).

6. Autofagia (1:30) - diminuição sensível no nível de glicose ou identificação com objeto inanimado (Coca toma coca).

7. Recorrência inanimada.

8. Reconhecimento de território. s.i.c. "Eu moro em Alto de Pinheiros".

23.11.08

# 117 Coisa do demo

Eu falei que pisco era muito perigoso...


21.11.08

# 116 blip.fm

A idéia me pareceu bem interessante. Já que o Twitter me parece uma coisa meio inútil, para quem não tem nada pra fazer, que tal usar o mesmo princípio para algo além de simples mensagens curtas? Esta é a proposta do blip.fm, um twitter de músicas. Sim, você escolhe as músicas que quer compartilhar e todos os seus amigos poderão ouvir seu set list. E você ouvir os deles. Tudo misturado. Parece bom, vamos ver. Me procurem (ncentola).

11.11.08

# 114 Sem computador

Meu notebook simplesmente travou, por conta de um virus. Tive que formata-lo. Gracas a deus consegui fazer backup da imensa maioria dos arquivos. O problema e justamente reinstalar tudo, do Office ao Flash Player. E por enquanto continuo sem acentos. Espero que eles voltem logo, e portanto vou reduzir minha navegacao ao minimo necessario.

7.11.08

# 113 Lavorare Stanca

É um ditado italiano, é uma música do Fellini, mas na verdade é um estado d'alma. Por que a gente precisa trabalhar tanto em uma sexta-feira, ainda mais com a perspectiva de passar o fim de semana todo trabalhando? Pra nada, para umas verdinhas...

5.11.08

# 112 Princesa Lea

Dando sequência aos meus nicks femininos, segue aqui uma cena que poderia ser de Star Wars ou Minority Report, mas na verdade foi um link ao vivo da CNN na cobertura das eleições nos EUA. O âncora chama a repórter que está em Chicago, e ela automaticamente se materializa no estúdio, graças a 35 câmeras que foram colocadas em volta dela, fazendo com que sua holografia dialogasse com o âncora. Tudo isso ao vivo. Incrível.


4.11.08

# 111 Giovanna Amati

Em tempos de decisão emocionante na Fórmula 1, sempre volta a questão: isso é coisa de homem, mulher não curte. Bom, em termos. Cinco mulheres já pilotaram um carro de Fórmula 1, a primeira delas (Maria Teresa de Filippis) ainda na década de 50 (1958/59 - cinco tentativas, três corridas).

Maria-Teresa di Filippis

Na década de 70, duas beldades dividiam as pistas: Divina Galica, que tentou correr três vezes em 76 e 78 (incluindo o GP do Brasil) e Maria Grazia "Lella" Lombardi, que foi a única a marcar pontos (sexto no GP da Espanha em 75). Entre 1974 e 76 ela correu 12 GPs (17 tentativas) pelas equipes March, Brabham e Williams (GP do Brasil em 76).

Lella Lombardi

Em 1980 Desiré Wilson tentou sem sucesso, pela Williams, se classificar para o GP da Inglaterra. A última delas foi a belíssima Giovanna Amati, que tentou correr nas três primeiras provas de 1992 (incluindo Brasil). Como não conseguiu, foi trocada por Damon Hill. Que péssima troca...

Giovanna Amati

1.11.08

# 110 Cachorro pidão

Ter cara de cachorro pidão tem várias conotações. Mas quem resiste? Hehehe

31.10.08

# 109 You burn me up I'm a cigarette

Quando eu coloquei esse nick a primeira coisa que me veio à cabeça foi a música I Wish You Were a Beer, da banda Cycle Sluts From Hell, possivelmente a melhor banda de metal de todos os tempos. Mas na verdade eu estava me referindo a uma música do fenomenal guitarrista Robert Fripp, do King Crimson, em sua fase solo. Ouço no momento o disco Exposure, de 1979. Toda vez que escuto sua música, minha cabeça se abre e novos pensamentos aparecem. Mesmo suas fases mais complicadas me agradam. Não resisti e dedicarei do dia 31 de outubro de 2008 como o Dia Interplanetário da Música de Robert Fripp em suas mais diversas personificações. Seguem dois aperitivos do pensamento do homem, do mito:





29.10.08

# 108 Gerard Damiano RIP

Morre o genial diretor de "Garganta Profunda", o grande clássico, estrelado por Linda Lovelace, que deu origem a tudo.


Trailer do filme

Trailer do documentário Inside Deep Throat


27.10.08

# 107 Axe seco

Não sei porque, me identifiquei com a propaganda... hehehe
Dei muita risada.

Valeu pelas dicas, Rodrigo!
Secos Anônimos
Dry Time Shop


# 106 Eleições só em 2010

Graças a deus!! Por dois anos estaremos livres daqueles boçais que ficam na TV vomitando frases sem sentido, tentando te convencer que ele é o menos pior dos candidatos. Como sou um anarquista convicto e um descrente na democracia representativa, continuo sem votar em ninguém. Afinal, bosta por bosta, vote no Costa.

22.10.08

# 105 TIM Festival pra que?

Começa nesta quarta o TIM Festival. Na minha opinião, a edição mais fraca. Tanto que não vou. Usando post do Olhometro, seguem cinco motivos para não ir ao TIM Festival:

1 - Preços
Se você estava planejando - como eu - assistir, por exemplo, aos shows de Kanye West, Gogol Bordello, Klaxons, The Gossip, The National e MGMT, terá que desembolsar a absurda quantia de R$ 610 pelos ingressos de todos os dias em que essas bandas se apresentam. Mesmo considerando a meia entrada, são R$ 305 (mais taxa de conveniência). Em 2007, eu assisti cinco grandes bandas das quais era mais fã do que destas por cerca de R$ 80 (a meia entrada). Sem contar gastos com estacionamento e gasolina, multiplicados por três - como o próximo item explica.

2 - Deslocamento
O Tim Festival 2008 dividiu suas atrações em centenas de dias diferentes. Se tomarmos como exemplos os artistas que eu estava planejando assistir, terei que sair de casa três vezes em uma semana, duas das quais durante dias úteis, ou seja, nos quais a maioria dos mortais trabalha - eu, aliás, até as 22h. Não compensa.

3 - Falta de respeito
Quem foi ao festival em SP no ano passado sabe do que eu estou falando. O último show acabou às seis da manhã de uma segunda-feira. Para quem tinha chegado cedo ao Anhembi (eu), foi estressante agüentar mais de dez horas em pé, sem comida decente por um preço decente (os hot dogs custavam tipo uns R$ 8), sem bebida (a água acabou a certa altura), com som ruim e atrasos de mais de uma hora entre um show e outro. Diversão virou dor de cabeça.

Só esse item já deveria ser motivo de boicote. Se as pessoas continuarem pagando por um serviço medíocre, os organizadores vão continuar achando que podem oferecer esse serviço medíocre.

4 - Não há nenhuma grande banda que você nunca mais vai ver
Klaxons e Gossip prometem shows legais, assim como o espetáculo que vem com o Kanye West, e MGMT e Gogol Bordello merecem ser vistos. Mas pensem comigo: vocês são jovens. Sadios. Muitos pretendem viajar ao exterior num futuro próximo e terão outras oportunidades de assistir a esses shows, em festivais maiores, mais bem-estruturados, com um line-up muito maior e melhor custo-benefício.

Outra hipótese é que caras como eles voltem, já que o negócio agora é fazer show e vender CD não dá mais dinheiro. Além disso, cá entre nós: não é como o Led Zeppelin ou os Beatles, que você vai morrer dizendo que gostaria de ter visto.

5 - Há vida depois do Tim Festival
Esse ano, teremos outros grandes shows e festivais no Brasil: R.E.M., Kylie Minogue, Skol Beats (com Justice e Digitalism), Planeta Terra (com o primeiro lote a espantosos R$ 60 e prometendo no mínimo Kaiser Chiefs), Madonna (corre que confirmou mais um show em SP!), Invasão Sueca… guarde seu rico dinheiro e invista nesses outros eventos, que sem exceção, apresentam custo-benefício (line-up x preço) mais vantajoso do que o Tim Festival 2008.

19.10.08

# 104 Miele é meu mentor

Esse cara é foda. Além de ter bebido literalmente piscinas de whisky com a nata dos artistas, ele teve simplesmente o melhor programa da TV brasileira de todos os tempos, Cocktail. Esse é O cara!


17.10.08

# 103 Hoje de novo há 10 anos


No dia seguinte, acordei no Rio de Janeiro, peguei um avião na hora do almoço e fui direto pro meu apartamento. Afinal, à noite teria outro show do Kraftwerk, desta vez na minha cidade, no Jóquei Clube. Já passada a euforia do primeiro, neste eu peguei minha bicicleta recém-adquirida e fui rodar por aí... Claro que foi fenomenal, novamente. O melhor é que desta vez eu estava com todos os meus amigos, que de tanto eu falar já deviam estar de saco cheio. Mas todos ficaram chapados com o espetáculo de som e imagem. Inesquecível.


16.10.08

# 102 Há 10 anos...

... eu estava no Rio de Janeiro para ver, pela segunda vez, o Kraftwerk. Já havia visto a banda antes, em 1997, no Tribal Gathering. Pela primeira vez no Brasil, eles tocaram no Free Jazz Festival, no Museu de Arte Moderna. Foi fantástico, pois tinha credencial de imprensa, o que permitiu que eu entrasse à tarde para ver a passagem de som. Nunca me esquecerei dos quatro com suas maquininhas, sentados na beira do palco e tocando Pocket Calculator, balançando as pernas ao ritmo da música. Muito diferente do ar frio que eles sempre passaram. Florian Schneider, então, era só sorrisos, cantava cada gatinha que passava na frente dele, o próprio tiozinho safado. Esperando o começo do show, estava tomando uma cerveja, quando chegam Florian, Henning e Fritz e pedem cafés ao meu lado. Saquei meus CDs e pedi autógrafos. Minha "conversa" com Florian foi praticamente um monólogo. Neste momento, a repórter do Multishow veio pedir uma entrevista com ele. Eu já havia prevenido a Renatinha que ele não fala, mas como ela é bonita, o cara aceitou. O resultado é clássico:



14.10.08

# 101 Thank you Arthur pelo docinho de pêssego

Não tenho palavras...

# 100 JenniCam

Hoje estou nostálgico. E acabei me lembrando da lendária Jennifer Kaye Ringley, a nossa velha conhecida Jenni, que em 1996 colocou uma webcam no seu quarto e passou a transmitir sua vida pela web. Se não me falha a memória, foi a primeira a fazer isso. Não tinha nada de mais. Apenas uma câmera ligada o tempo todo, isso ainda no tempo da linha discada. Claro, vira e mexe dava pra ver a Jenni trocando de roupa e até transando, mas acho que o conceito era mais que isso. Ela desligou definitivamente sua câmera em 2003. De qualquer forma, um clássico da web, merecedora do post número 100.

13.10.08

# 99 1000nick( o )s

Depois de diversas reclamações, vou corrigir. Essa foi sugestão das minhas duas queridas Fernandas: Ferdi Henriques e Fernanda Castelo Branco. Ferdi me sugeriu logo no começo, mas diferentemente do que ela acha, eu presto atenção no que ela fala. Eu só esqueço... hehehe. A outra Fernanda me sugeriu na sexta. Por que não fazer um jogo de palavras com nick e nico? Adotei no título do blog: 1000 nick(o)s. A URL continua a mesma, claro. E não foi por falta de opção não. Como mudei o título, resolvi dar uma satisfação...

10.10.08

# 98 Depois da tempestade

Caros amigos,

eu queria acradecer a todos que ontem embarcaram e me acompanharam nessa deliciosa e louca viagem que é a minha vida com o Kraftwerk. E também aos que, por um motivo ou por outro, não puderam ir (you know who you are).

É gratificante encontrar diversas pessoas que você não vê faz tanto tempo te dizendo: eu vim porque eu sabia que você estaria aqui! Isso depois de mais de 10 anos do primeiro show que vi do Kraftwerk.

Fica parecendo um almoço de domingo na casa da avó. Alguns primos você vê toda semana, mas sempre tem um sumido que reaparece...

Se a noite já prometia, com o set matador (as usual) do DJ Mau Mau, embalado com imagens do cineasta Dziga Vertov, ficou melhor ainda quando um distinto senhor de quase 60 anos, professor de sound design na Universidade de Berlin, blaser preto, camisa preta abotoada até o último botão, o mesmo cabelinho curto, talvez mais ralo na frente, apareceu. O que era para ser uma celebração a um ex-membro do Kraftwerk se tornou uma aula de modernidade. Com seu colega de universidade, o cabeludo (sim ainda existem cabeludos fora do universo do metal) Mathias Black, por pouco mais de uma hora e meia ele pulverizou tudo que eu imaginava ser a música eletrônica. Fantástico.

Ou como bem disse Sintetik ontem: depois de ver ao vivo o Kling Klang e o Cubase, nós vamos ver o funky boy, o cara que teve a coragem de dizer para o Kraftwerk que eles estavam no caminho errado. E resolveu trilhar o seu próprio. E ouso dizer que o que o Bartos faz hoje é o que o Kraftwerk deveria estar fazendo se eles realmente acreditassem na simbiose entre som e imagem, e não apenas insistissem em colocar um telão para explicar o que eles estão cantando. Ou seja: o Kraftwerk está morto. Viva Karl Bartos!

Eu tenho que confessar que fui ao show meio cético. Nunca gostei muito dos discos do Bartos. Sempre achei ele meio um pastiche de Kraftwerk. Ok, Communication é um puta disco, aliás, o elo perdido que o Kraftwerk deveria ter gravado décadas atrás, mas o som dele nunca teve pegada comigo. Mas ao vivo é OUTRA coisa. Realmente som+imagem, os dois com a mesma importância. Tudo junto formando uma terceira entidade.

Enfim, hoje ainda é ontem, e quem puder ir assistir aos shows de Porto Alegre e Brasília vá correndo!

E vamos esperar pelas cenas dos próximos capítulos. Agora so falta Wolfgang Flur.

besos

Nico
"Ouvindo Ultraviolet de ontem. Breve em um rapidshare perto de você"

8.10.08

# 97 Karl Bartos - Dance Cinema - 9.10 - Clash

Finalmente veremos um dos componentes da formação clássica do Kraftwerk.


7.10.08

# 96 Che cosa è il genio?

è fantasia, intuizione, colpo d'occhio e velocità di esecuzione.



# 95 Murupi

Pimenta Murupi
(Capsicum chinese)
(Ardência : de 60.000 a 100.000 Scoville)

Tradicionalmente cultivada na região Norte do Brasil, faz sucesso com seu aroma característico e sabor picante. Pode ser encontrada fresca, na forma de molhos (como o de tucupi ou manipueira, extraídos da mandioca), ou ainda em conservas à base de vinagre, óleo e soro de leite.

Seus frutos são alongados e, antes de amadurecerem, apresentam coloração verde. Depois, adquirem um tom amarelo, que se intensifica até o vermelho, quando as pimentas estão maduras.


O comprimento varia: as menores, que medem de 2 a 4 cm, tem ardência mais acentuada e são conhecidas como murupizinho. Os frutos de tamanho intermediário apresentam de 3,5 a 6 cm de comprimento e são chamadas de Murupi comum. Finalmente há o Murupi grande, com 9 cm de comprimento. Trata-se de uma pimenta de alta picancia.

Fonte: Confraria da Pimenta

29.9.08

# 93 Я оператор И мой калькулятор...

Pocket Claculator em russo... luxo só! De anteontem (sábado).




Cante junto:

Ja operator
I moy calculator

Ja slagauy
I vychitauy
Kontroliruy
I komponuyu

Ja jmu na klavishu
Ona poet melodiuy

# 92 Eu sobrevivi a mais um skolbeats

25.9.08

# 90 tô cansado

Tô cansado do meu cabelo
Tô cansado da minha cara
Tô cansado de coisa vulgar
Tô cansado de coisa rara
Tô cansado
Tô cansado
Tô cansado de me dar mal
Tô cansado de ser igual
Tô cansado de moralismo
Tô cansado de bacanal
Tô cansado
Tô cansado
Tô cansado de trabalhar
Tô cansado de me ferrar
Tô cansado de me cansar
Tô cansado de descansar
Tô cansado
Tô cansado

Branco Mello/Arnaldo Antunes

23.9.08

# 89 I got the tickets


"Seu Nicolau, tem uma entrega para o senhor."
Assim o porteiro me pediu para descer. Havia acabado de chegar em casa. Pensei: "porra, ele podia ter me avisado quando estava na garagem, pegando o elevador. Pararia no térreo".
Desci e qual não foi minha surpresa quando o motoboy, todo soridente, sabendo que a entrega dele me faria feliz, me entregou um envelope pardo.
"O que é isso?" Perguntei.
"Uma entrega da ticketmaster", me respondeu o cara, fazendo um suspense, mas já sabendo do que se tratava.
Esfreguei as mãos contentes, e escapou um OBA!
Ainda comentei: "coitado, você deve estar cansado de entregas", enquanto assinava a planilha e notava que o morador do 141 também tinha ingressos a receber.
"Você nem imagina quantos ingressos ainda tenho que entregar", ele me respondeu.
Conferi rapidinho e notei que só tinham chegado os ingressos da pista, do dia 21. "E os do dia 20?". Ele me respondeu: "estão entregando todos, logo o senhor vai receber".
Madonna, aí vamos nós!

22.9.08

# 88 "taxa de conveniência"

Estou bem puto com essa nova mania dos produtores de shows cobrarem 20% de "taxa de conveniência". Convniência pra quem, cara pálida? Já não chega os preços escorchantes dos ingressos por conta da carteirinha de estudante que até a minha avó tem? Agora virou mania cobrar 20% só por te vender o ingresso, é mole? E não adianta Procom nem nada, ninguém faz matéria, está todo mundo mancomunado. O festival Planeta Terra inovou mais uma vez: agora eles cobram R$ 6 para eu ir buscar o ingresso na bilheteria!!!!!!!!!!!!!!!! Sim, porque se eu mandar entregar na minha casa, eles cobram R$ 12. Ou seja, devo estar fazendo um favor para eles ao comprar o ingresso. Porque cobrar para retirar na bilheteria é o máximo do absurdo. Pensa bem: EU saio de casa, EU gasto gasolina e EU pago estacionamento para ir buscar o ingresso. E eles ainda me cobram seis pilas para ficar um macaquinho amestrado na bilheteria para pegar meu dinheiro e me dar o ingresso. Como pode? Faça uma conta rápida: se forem vendidos 20 mil ingressos, e todos forem buscar na bilheteria (e não pagarem para um motoboy entregar), o Planeta Terra embolsa R$ 120 mil, na boa, sem fazer nenhuma força. Por que quanto eles pagam para os atendentes ficarem na bilheteria? Uma mixaria, claro. E nem o site, nem o release do evento comunicam onde comprar ingressos sem taxa. Já tomei uma decisão: se tiver que pagar taxa, não vou nunca mais! De mim eles não roubam mais dinheiro.

19.9.08

# 87 PERDI 14 QUILOS!!

No comments... hoje vou estourar uma garrafa de água com gás em casa para comemorar... chegaremos aos 20 quilos!

18.9.08

# 86 John Williamson

A história não passa de uma invenção do homem para organizar o seu passado. A evolução não é uma invenção, mas fato real e soberano; quando o homem entender isso plenamente, no contexto de seu ser, organizará seu futuro e enfim compreenderá seu passado.

Gay Talese, A Mulher do Próximo

17.9.08

# 85 Düsseldorf Hbf.

Um ótimo blog com as últimas notícias sobre o Kraftwerk.

15.9.08

# 84 Richard Wright RIP

Grande surpresa de hoje: o tecladista do Pink Floyd, Richard Wright, morreu hoje de câncer. Meu Floyd favorito, principalmente pelas atmosferas que ele criava tão bem. Não um virtuose como Gilmor, nem um pop star como Waters. Mas o som do Floyd deve muito à ele. E pelo visto fica mais longe um retorno da banda.

# 83 - 11 kg e contando

E essa semana ainda vou caminhar todo dia para perder mais peso. Vamos ver até onde vai...

9.9.08

# 82 Pindureta

Mussum + Tião Macalé = antológico



8.9.08

# 81 Mulher jiboia tem a ideia de acenar para a plateia

É assim que teremos que escrever a partir de janeiro, tudo sem acento, quando entra em vigor no novo acordo ortográfico. É, vai ser difícil. Jogar fora todos os manuais de redação e esperar novas versões. O iG decidiu já adotar o acordo, e fez um hotsite bem bacana sobre o assunto. Só digo que erraremos muito...

5.9.08

# 80 - 9 kg!!

Sim, perdi NOVE quilos em duas semanas!!! Mestre Liu é meu Pastor e nada me faltará!

4.9.08

# 79 Acústico & Valvulado de novo


Depois de duas semanas no electronic garden do meu artesão eletrônico particular Carlos Alberto "Sossego" Lopes, meu querido amplificador valvulado Valve Tech volta pra casa. Estávamos com saudades do seu grave encorpado e de sua resposta perfeita em todas as frequências, que mudou nossa maneira de ver a música. De lambuja, o querido Sossego me emprestou três raridades da década de 70: três LPs direct to disc. Técnica usada em pouquíssimos discos nas décadas de 60 e 70, a gravação era feita diretamente no vinil, sem passar pelas tradicionais fitas magnéticas. Ou seja, qualidade total de áudio. Estou ansioso para ouvir estas preciosidades, mas será preciso uma audição cuidadosa: tempo disponível, nada para interromper, um bom vinho. Veremos no fim de semana.

3.9.08

# 78 habemus ingressus

Depois de literalmente 12 horas no site, que tem pré-reserva, login, senha, 25 servidores, o escambau, consegui os ingressos da forma mais singela do mundo: pelo telefone. Não antes de enfrentar quatro horas de discagem uma atrás da outra. Isso sim é que é tecnologia. Ah, claro, VIP, pista e cadeiras inferiores esgotadas. Resta saber como, já que ninguém conseguia entrar naquela merda de site.

# 77 madonna my ass

Eu quero mais é que todo mundo se foda. A gente paga caríssimo por um serviço que não funciona, passa horas tentando comprar uma porra de um ingresso superfaturado e é tratado como lixo. Não tem com quem reclamar e paga 20% de "taxa de conveniência". Afinal, é uma estrutura que tem que ser montada para a venda de ingressos, não é mesmo? E tem gente que ainda fica feliz com tudo isso. País de Joselitos...

2.9.08

# 76 Medeski, Martin & Wood - 20-21/9 - Sesc Vila Mariana


"Meus caros, no dia 4, segundo informações de uma amiga, começa a venda de ingressos para o show de Medeski, Martin e Wood que farão apresentações no SESC Vila Mariana nos dias 20 e 21/09. A procura vai ser grande e acredito que a venda de ingressos fique meia hora no ar, já que pode-se comprar em qualquer unidade do SESC. Para quem assistiu na última apresentação, digo-lhes que este show é imperdível.

Beijos e abraços.

Mauricião"

Gracias pela notícia, Mauricião

29.8.08

# 75 Hommage à Jules Verne


Para elaborar esta obra, Pierre Henry escolheu 25 romances de Júlio Verne, buscando inspiração no "reservatório de sons" neles contido. A partir daí, o compositor realizou um abecedário de episódios e de situações sonoras, que são em seguida transformadas dentro de um moinho de sons e de repertórios. Por fim, para chegar à partitura orquestral e dar umaa sorte de "emoção temática", de suspense e de dramatização a esta obra, Henry utilzou nove dos romances lidos e trabalhados e associou-os a nove sinfonias de Joseph Anton Bruckner, compositor do século XIX, que ele descreve como sendo extremamente inspirado, praticamente como um "grande compositor de música de filme". Com este material ele criou uma nova sinfonia, esta de Júlio Verne.

28.8.08

# 74 Olavo Setúbal, 85

Oras, vocês vão dizer, um banqueiro como nick? Eu sei, parece não ter muito a ver, mas depois de um almoço de salada mista e meu primeiro filé de frango em oito dias na CPL, resolvi dar uma olhada nas manchetes dos jornais na banca da esquina. E qual não foi minha surpresa em descobrir que o dono do Itaú morreu. Nem sabia que ele estava vivo ainda. O mais estranho foi imaginar que lá se vai o último dos grandes banqueiros, aqueles que a gente pode apontar na rua e dizer: olha só, ele é banqueiro. Porque agora, nessa despersonalização mundial, acaba a figura do cara que é dono de banco. Quem é o dono das mais variadas siglas: ABN, HSBC, BMG e quetais? Agora a gente não sabe mais quem é que manda no país. Vai mudar alguma coisa? Possivelmente não, mas pelo menos a gente sabia o nome do cara que roubava nosso parco dinheirinho todo mês...

27.8.08

# 73 - 5 kg!

Esse é o resultado de uma semana de acupuntura + dieta. UHU. Vamos ver onde isso vai parar.

22.8.08

# 72 Laurie Anderson -5-6/set - Sesc Pinheiros

Good evening. This is your Captain.
We are about to attempt a crash landing.
Please extinuish all cigarettes.
Place your tray tables in their
upright, locked position.
Your Captain says: Put your head on your knees.
Your Captain says: Put your head on your hands.
Captain says: Put your hands on your head.
Put your hands on your hips. Heh heh.
This is your Captain-and we are going down.
We are all going down, together.
And I said: Uh oh. This is gonna be some day.
Standby. This is the time.
And this is the record of the time.
This is the time. And this is the record of the time.

Uh-this is your Captain again.
You know, I've got a funny feeling I've seen this all
before.
Why? Cause I'm a caveman.
Why? Cause I've got eyes in the back of my head.
Why? It's the heat. Standby.
This is the time. And this is the record of the time.
This is the time. And this is the record of the time.

Put your hands over your eyes. Jump out of the plane.
There is no pilot. You are not alone. Standby.
This is the time. And this is the record of the time.
This is the time. And this is the record of the time.

(From The Air)

21.8.08

# 71 Brasil, o país do futebol

Confesso que tenho um prazer inenarrável quando o Brasil se ferra no futebol, seja masculino ou feminino. É bom pra gente parar de pensar que somos os melhores do mundo, só porque 40 anos atrás tínhamos o Pelé. Não, não somos mais os fodões do bairro Peixoto, e enquanto pensarmos isso, nunca ganharemos nada. Foi ridículo andar pelas ruas e ver todos os zés manés em botecos torcendo por uma seleção feminina que eles nunca viram antes na vida. E, além disso, futebol é o ópio do povo.

19.8.08

# 70 Welcome back Mestre Liu

Hoje fui no acupunturista, o Mestre Liu. Já fui em um Liu em 2000, quando perdi 20 quilos. Depois disso, o consultório dele mudou e eu perdi contato. Achei um anúncio no Diário de SP, mas já descobri que Liu é um sobrenome comum na China. Ou seja, devem existir uns 1.387.092 Lius por lá. E o Liu que me atendeu me disse que a família toda dele está aqui. Ou seja, pode ser outro. Mas enfim, o método é o mesmo. Vamos ver no que dá. O regime é punk, e vejam só, terei que comer melancias!!

17.8.08

14.8.08

# 68 Seu Gilberto lê meu blog

Ontem fiquei emocionado quando a Ju me disse que o pai dela acompanha meu blog. Sério, achei que ninguém lia isso, mas foi bom saber que, periodicamente, tem gente que entra pra saber de mim. Abração, seu Gilberto. Precisamos tomar mais uma com aqueles deliciosos bolinhos de bacalhau no Último Gole.

# 67 Sábado vem aí

Sábado tem uma festa "daquelas" em casa. Pela lista de convidados, dá até medo... hehehehe

13.8.08

# 66 O melhor aniversário do mundo


Hoje é aniversário da pessoa mais importante para mim, uma mulher doce, carinhosa, linda, alegre, animada, louca, preguiçosa, amiga, sonolenta, compreensiva, expansiva, marcante, forte, decidida, parceira, sedutora, empolgada, e que mudou minha vida para melhor e para sempre. Te amo, Bia, cada dia mais!

11.8.08

# 65 Tá bonito esse ano


Cansado da overdose diária de Olimpiadas? São tantos comentários sobre a beleza plástica do esporte, as lindas histórias de superação e as inesquecíveis vitórias que a gente passa a não saber se hoje é ontem ou já é amanhã. E os cases então? Cleiton Maicon, 102 anos, campeão de peteca, ou os gêmeos siameses Giroflávio e Genoveva, campeões de luta greco-romana, categoria duplas mistas. Boa mesmo é a aridez narrativa da imensa maioria dos locutores. Mas não se preocupe, o Brasil continua não ganhando nada. Prefere mandar 22 marmanjos que talvez ganhem uma medalha de bronze no futebol e não faz como a China, que escolhe seus 23 melhores atletas para ganharem 72 medalhas de ouro. Quando acaba?

7.8.08

# 64 Zingg vive


Hoje me lembrei de David Zingg, figura inesquecível, fotógrafo e pessoa simples, entre inúmeras outras coisas. Tive o privilégio de fazer uma feijoada em casa para seu último aniversário. Quem foi se lembrará para sempre. Tenho diversas recordações dessa figura única, sempre divertida até o último momento. Eu me lembro de, quando fui levar o jornal para ele ler já no hospital, ele me pede: Nicolau, me traz um baseado?, naquele portuinglês tão característico dele. Inesquecível também sua casa, toda cheia de quinquilharias e fotos e negativos por todos os lados, que eu infelizmente só conheci quando fui buscar o terno que ele usou pela última vez. Por onde anda esse acervo maravilhoso? Mofando ainda na casa da vila? Não importa. Não guardo mais nenhuma recordação material, foto, nada. Às vezes as separações são implacáveis. Mas ele continua comigo sempre.

Ia colocar só uma foto, mas não resisti. vai outra, da Leila Diniz:



# 63 Foto fornecida pelo Google

Cada vez mais eu me convenço que a Internet é o espaço dos Joselitos. Cada bizarrice que a gente encontra. Hoje me deparei com o blog do Renato Galvão (quem?), que se diz "agente da notícia e crítico gastronômico" (como?). Entre as pérolas, ele diz que "a revista Renato Galvão é a mais dinâmica da internet, podendo escolher matérias por assunto ou data". É só um blog, e o mínimo que se exige é fazer busca por assunto ou data. Daí dizer que é A MAIS dinâmica da Internet é um longo caminho. Outra maravilha: "os textos são de minha autoria e as fotos foram tiradas por mim, pela divulgação ou fornecidas pelo Google". As fotos foram fornecidas pelo Google. Ele ligou para o Seu Google pedindo fotos? Numa coisa ele está certo: é impossível ficar indiferente! hahahaha

6.8.08

# 62 Na dúvida, tire a roupa

Uma bela frase e um ótimo lema.

5.8.08

# 61 Talher por favor? Obrigado

A grande maioria dos brazucas que viaja pela América Latina não faz o menor esforço para falar o mínimo de castelhano. Faz parte da nossa cultura brazuca achar que somos tão fodões que eles que tem que falar português no país deles conosco. Devem ser os mesmos que, quando vem um gringo para cá, desembestam a pretensamente falar inglês, só para comprovar que somos macaquinhos colonizados. Nem um gracias sai da boca de um brazilino. O máximo que eles conseguem falar em castelhanos num restaurante é "talher, por favor? Obrigado", o que não significa nada para o coitado do garçom. Eles entendem porque tantos brazilinos mal educados já passaram por lá que eles acabam dando um desconto para aquele povo sem cultura...

28.7.08

# 60 Home Sweet Home

Viajar é maravilhoso, mas tem coisa melhor que a nossa casinha? Well, friends, I'm back!

8.7.08

# 59 South American Tour 2008


Prezada família, amigos, conhecidos e desconhecidos. Estamos viajando na nossa pequena caravana da alegria, que deve passar por Santiago do Chile e Buenos Aires, e que retorna para São Paulo somente no dia 24. Não esperem contatos antes disso, pois faremos questão de nos manter o mais longe possível da tecnologia.

4.7.08

# 58 Bozo, o original RIP

Do Blue Bus:

Morreu ontem em Los Angeles, aos 83, Larry Harmon, o Bozo. Nao foi o unico a interpretar o personagem, mas foi ele quem comprou os direitos sobre o palhaço nos anos 50. Manteve o Bozo no ar durante meio seculo, lançou produtos e treinou mais de 200 atores a encarnarem o personagem em emissoras locais nos EUA e em programas licenciados ao redor do mundo. Segundo a Reuters, desde 1950, o 'Bozo Show' foi ao ar em 183 TVs e 156 desenhos do personagem foram exibidos em varios países. Harmon também atuou como produtor de cartoons, desenhos inspirados em O Gordo e o Magro e também Popeye e Mr Magoo.

(thanks Willian)

# 57 Mulher: tem coisa melhor?

Ontem me perguntaram: você acha alguma mulher feia? Eu respondi que não. Agora pensando, realmente não existe mulher feia. Claro, se ela não se arruma, não é feliz com o próprio corpo, fica feia. Mas tirando isso, toda mulher tem sua beleza particular. Que, em 99,9999% dos casos, é BEM diferente daquela beleza padrão que tentam nos empurrar goela abaixo. Cabelo longo e liso, narizinho arrebitado e pequeno, corpo violão.

Aliás, as mulheres mais diferentes guardam as mais interessantes belezas. E eu, como um modesto connoisseur, adoro descobrir aspectos belos nas mais diferentes mulheres. Tem coisa mais interessante que ficar olhando as mulheres na rua? Não com aquele ar de caminhoneiro que normalmente os homens olham as mulheres, algo do tipo: uh, que rabão gostoso. Mas sim para descobrir o que cada uma tem de mais bonito, mais interessante, mais sensual. Pode ser um nariz grande (meus favoritos), um queixo, uma lateral dos seios, uma nuca, qualquer coisa. Essa é uma das coisas que me faz feliz de ser homem.

(Na foto, três belezas diferentes e únicas: PJ Harvey, Bjork e Tori Amos)

3.7.08

# 56 Me amarro em selinho

O coitado do Lord Henry, não durou nem uma hora com sua profetização sobre o futuro da humanidade. Mas também, tem coisa mais bonita que um selinho? Esse foi da Daniela Mercury na Alinne Rosa. Enjoy...

# 55 É a barbárie!

Fantástica a frase do famoso filósofo Lord Henry Wotton. E aplicável a qualquer aspecto do nosso Brazil varonil!

2.7.08

# 54 "se você falar mentiras sobre a gente, falamos a verdade sobre você"

Plebe Rude rules! Always!

Mentiras Por Enquanto

No olho do furacão esta calmo
olhe em volta, veja os danos feito pelo vento

Não tente explicar a tempestade
procure abrigo ou se torne vunerável

De cima do altar é estranho
vejo muitos sorrisos, e um é falso (...o horror)

Você sabe que não estou aqui para converter
você sabe que não estou aqui pra rezar pra infiéis
se a situação se invertesse você iria entender?

Se você falar mentiras sobre a gente
falamos a verdade sobre você

É! Não olhe para mim
não quis que fosse assim
queria que a situação se invertesse para você entender
que estamos nisso até o fim

É! Não me acuse! Não vou rezar pra infiéis
Tente perceber que as coisas não são como você vê
Inverte a situação, será que você ia entender?

Olhe em volta, veja os danos feito pelo vento
Era de se esperar mais eu não estava pronto

Não tente explicar a tempestade
procure abrigo ou se torne vunerável

Se você quiser entender olhe em volta
é essa troca que faz valer a pena

Você sabe que não estou aqui para converter
você sabe que não estou aqui pra rezar pra infiéis
se a situação se invertesse você iria entender?

Se você falar mentiras sobre a gente
falamos a verdade sobre você

# 53 Quem técra é meu genro



1.7.08

# 52 A anestesia acabou

e meu dente está doendo. Afinal, era hoje...

30.6.08

# 51 O dentista era amanhã

E eu acordei cedo hoje. Que bosta.

26.6.08

# 50 Nico On The Hill

A minha pousada em Monte Verde (se eu tivesse uma). Detalhe para a hidromassagem gigante ao ar livre... eu penso em tudo... E o melhor: é a Beatriz quem faz o pão e a geléia de morango...

24.6.08

# 49 Sandinista!

The Clash. Três discos. Intenso. Revolucionário. Petardo. Seminal. Um soco no punk. Crossover. Ghetto. Jamaica. Dub. Punk. Rock. Dança. Envolvente. Estranho. Diferente. Único. Atemporal. Hipnotizante. Um divisor de águas. Indicação para os 80. Ouça!

22.6.08

# 48 Diversão em família

Ah, nada como um fim de semana em família...

20.6.08

# 47 Visconde de Sabugosa RIP

Sim, terei que deixar meus idílios com a PJ para comunicar que o ator Visconde de Sabugosa, vulgarmente conhecido como Andre Valli, morreu. Quem não se lembra do Sítio do Picapau Amarelo? Bom, se bem que eu me lembro mais da Narizinho...

19.6.08

# 46 Quero casar com a PJ Harvey!

Fala sério, gente, olha essa mulher!! Não resisti e coloquei dois vídeos. Enjoy...





Big Day Out Festival, Sydney, 2001




TIM Festival, 2004

18.6.08

# 45 paraskavedekatriafobia

La triscaidecafobia es el miedo irracional al número 13. Se considera normalmente una superstición. Una fobia específica al viernes 13 se llama paraskavedekatriafobia o friggatriscaidecafobia.

Fonte: Wikipedia

# 44 Cinco pés canadenses

Quinto pé humano aparece em praia da costa do Canadá

Um pé humano foi encontrado em uma praia perto da cidade de Vancouver, na costa oeste do Canadá. Pessoas que passavam pelo local encontraram a parte do corpo boiando na água na segunda-feira, na costa de um subúrbio de Westham Island.

É o quinto pé humano a ser encontrado na região desde agosto do passado. Mas este é esquerdo, enquanto os outros quatro eram direitos.

A polícia está investigando
se a descoberta tem relação com outras na mesma área. Em agosto, dois pés apareceram em ilhas ao norte de Vancouver. Em fevereiro, um terceiro apareceu. O quarto foi descoberto em uma praia em um subúrbio de Vancouver em maio.

Fonte: Jornal Metro

17.6.08

# 43 Árvore genealógica

Muito bom o site Meus Parentes. Você pode criar gratuitamente sua árvore genealógica e compartilhar com a família.

16.6.08

# 42 R$ 225

É o quanto custa comprar e instalar UM pneu, além de fazer obviamente o balanceamento obrigatório. Imagina trocar os quatro... Ah, e pneus Goodyear não são fáceis de encontrar. Esqueça hipermercados e vá direto à DPaschoal. Aparentemente eles são os representantes da marca. Por isso tem tanta gente usando pneus Carrefour...

11.6.08

# 41 Obrigado, sushi de enguia, por existir

Mais um motivo para comemorarmos os 100 anos de imigração japonesa no Brasil.

# 40 ressssssaca

Por que a gente bebe tanto? Por que a gente acorda louco às 5h17 com secura na boca? Por que a gente tem amnésia de bebedeira? Por que a dupla de enguia do Lika é realmente viciante? Por que o gosto dela continua na minha boca? Ah, os porquês da vida...

10.6.08

# 39 A simbiose sônica-imagética da cibercultura

Sempre achei um bom nome, que surgiu durante um longo banho...

8.6.08

# 38 Kubica desde criancinha

É bonito ver um piloto de um país lazarento como a Polônia ganhar seu primeiro GP. Principalmente se ele é feio e não tem o melhor carro. Mas o cara é bom, e vai dar o que falar em dois anos. Completam o pódio o Marcelo Camelo cover Nick Heidfeld e o figura Couthard. E pensar que no ano passado o polonês terminou como na foto. Foi uma bela vingança...

7.6.08

# 37 Cálculos astronômicos

Ouça Nau, ouça Nau... a banda da Vangel Leonel... fantástica!


Faz tanto tempo que eu não sinto o que é o calor

Faz tanto frio nessa estrada para o pólo sul
Pelos passos largos vastos que eu já trilhei
Ventos sopram e anunciam nenhuma sensação

A minha vida tem sido cheia
De cálculos astronômicos

Festas bares classes praias mares estações
São mil lugares onde mora minha solidão
As pessoas se dispersam escorrem pelas mãos
Fogem do que chamam amor ou mesmo sensação

A minha vida tem sido cheia
De cálculos astronômicos

Faz tanto tempo que eu nem sei mais o que é o calor
Faz tanto frio nessa estrada para o pólo sul
Você pode achar que eu sou maluco mas eu não sei
Já tentei me entender eu juro que eu já tentei

A minha vida tem sido cheia
De cálculos tem sido cheia

A minha vida tem sido cheia
De cálculos eu sinto frio.

6.6.08

# 36 Europa endloss

Europe endless, Europa sem fim... em 1977 uma certa banda alemã gravou um disco falando que o interessante na Europa é que ela podia ser percorrida sem paradas por trem, o finado Trans Europe Express. Aproveitava e falava das benesses de um continente unificado, numa época em que os países se degladiavam e a guerra fria estava no auge. O resultado está aí: comunidade européia.

4.6.08

# 35 CSS

A banda Cansei de Ser Sexy? Cascading Style Sheets, para construir páginas web? Não, Contribuição Social para a Saúde, uma nova forma que o governo encontrou para nos esfolar um pouco mais, além de todos os impostos que já pagamos, e que não são poucos. No lugar da CPMF, o governo propõe que façamos uma ação social, palavra preferida de um governo que não sabe dizer nada. Contribuição social é uma esmolinha que damos para a saúde? Deve ser, né? Apesar as arrecadações recordes. Se fosse para a saúde de verdade, pagava com gosto. Mas como todos sabemos que isso vai acabar em outras paragens...

30.5.08

# 34 Pelo direito de uso das células-membro

Por que só se fala do direito de uso das células-tronco na medicina? E a importância das células-membro, foi esquecida? Lançamos aqui o Movimento Pelo Direito de Uso das Células-Membro nas Pesquisas Genéticas (MPUCMPG). Estamos com nossos amigos que lutam pelo reconhecimento das células-cabeça, essa incompreendida. Só assim teremos uma pesquisa ampla e completa, com células cabeça, tronco e membro.

29.5.08

# 33 Eu, Christiane F.

13 anos, drogada e prostituída. Um fabuloso nome para filme. Tem nome melhor? Já dá vontade de ver, só pelo nome. Muito melhor que aqueles filmes pra lá do meridiano de Greenwich que começam com artigo definido, como O Cheiro da Papaia Verde... Comprei hoje nas Americanas, por R$ 12,99, mas como a mocinha não me deu um centavo de troco, saiu por 13 lascas... Eu me lembro perfeitamente quando vi esse filme: no cine Caium em Ribeirão, com o Kiko e o pai dele. Pode parecer meio estranho ver Christiane F. com o pai de alguém, mas vi Hair no Aquarium Drive-in com meus pais... foi estranho ver a mina jogando nos canos com o pai do Kiko. E olha que a gente nunca fez isso. Já no Hair, acho que só não dancei em cima de uma mesa...

28.5.08

# 32 O mundo é kafkaniano

Essa não precisava nem de explicação, não é mesmo? Basta olhar ao redor e perceber que tudo é Kafka. Mas a mais nova (não a última, pois não nos livramos disso) foi da Vivo. Comprei um celular novo pelo site, preenchi dezenas de cadastros, informações sobre o cartão de crédito etc. No dia seguinte recebo um e-mail dizendo que minha compra tinha sido cancelada, pois não havia sido acusado recebimento. O mais engraçado é que, para ter um código de compra, preciso necessariamente preencher os dados do cartão. Liguei no 1058 e, depois obviamente de 20 minutos, a segunda atendente me dá a clássica desculpa: "problema do sistema. Ele não está aceitando cartão Mastercard. O senhor não tem outro? " Aviso no site? Que bobagem... Como sou pobre e não tenho outro, o jeito seria ir para a TIM, se não fosse um saco ter que avisar todos os amigos que seu número mudou. O jeito vai ser o zé ruela aqui ir a algum shopping comprar o celular que não quero pagando mais e dividindo em menos parcelas...

27.5.08

# 31 Aleluia, que roubaram aquela velharia!!!

Singelo comentário de Ferdi sobre meu finado celular...

26.5.08

# 30 No cel

É, acontece, até seres gigantes são lalados. Colocam a mão no nosso bolso e quando a gente precisa, o celular não está mais lá. E, entre 3,5 milhões de pessoas na parada do orgulho resolveram justamente pegar o meu pré-cambriano Samsung, que, além de estar todo descascado, as teclas mal funcionavam. Se ferrou... hehehehe

25.5.08

# 29 bnvisaun nvouihpoijnf

nv puioh nvjjosjnm nvij jhnopip n vnioufnijv.ahnliugsatyrfiusaj hijhgfuip buhbvji0j njvhniusj v889in hniovlsj.
k nijgpokb nionj[isopkm niojfioskpm juiojlfnlj[jsp'm miopfjosj fmpojbposjlnfirpms jgo; hbsg snfdkdp'mg jhjos.

21.5.08

# 28 Avião cai em SP

Enganei um bobo, na casca do ovo... Mas muitos coleguinhas cairam.

20.5.08

# 27 John Rutsey RIP

Parece que este é o ano da morte dos primeiros bateristas. Depois de Klaus Dinger, primeiro baterista do Kraftwerk, morreu dia 11 de ataque do coração John Rutsey, primeiro batera do Rush.

# 26 A liberdade do outro amplia a minha ao infinito

Precisa comentar essa maravilhosa frase do Bakunin? Por isso amo o Anarquismo...

19.5.08

# 25 Quadrado do quadrado

Muito boa a dança do quadrado, principalmente se você faz na festa de casa...


15.5.08

# 24 se voce nao conseguir eu bebo por nos dois

Bebida Violenta - broto displicente

chega no approach, da uns maaaalhos,
me agarra e me aperta
to indo, vem pra perto ja causando
me beija que eu te acelero (e faz o que eu quero)
vejo tudo diferente
eu sou o broto displicente

me acabo de beber, me esqueço de parar
bebo tresloucadamente sem nunca descançar

parto direto pro gym, rum, muita vodka sem parar
desce o olho nervoso eu quero um copo de cynar
bato na mesa, bebo e viro - sem pensar em arregar
vamo logo que hoje eu to.
hoje eu to que vou causar

se voce nao conseguir eu bebo por nos dois
se voce quiser tentar a gente deixa pra depois
ta no ponto, dança e agita
vejo tudo diferente
pq afinal das contas eu sou o broto displicente

esqueço de largar, corro pra voce sem nem me importar
de (txx) papinho com todo mundo, na loucura quero
voce...
soh arrumo confusao do vexame de montao
eu so conhecida por causar
hoje eu vo eh me acaba

people say sometimes that beauty is only superficcial
that may be so.
to me, beauty is the wonder of wonders
beauty is the wonder of wonders (oscar wilde)
na naiti vo direto pro balcao

se voce nao conseguir eu bebo por nos dois
se voce quiser tentar a gente deixa pra depois
ta no ponto, dança e agita
vejo tudo diferente
pq afinal das contas eu sou o broto displicente

13.5.08

# 23 if you can't come in, you can't get in

A clássica frase de Gail para Carlito Brigante no filme Carlito's Way, quando ele vai vê-la em casa. Ela abre a porta deixando a corrente e não o deixa entrar. Ela pergunta o que ele vai fazer: arrebentar a porta... correr atrás dela pelo apartamento... rasgar suas roupas... e fazer amor no chão? Ele diz que está muito velho para isso, então ela responde: if you can't come in, you can't get in. Se ele não entra, não penetra. E sai languidamente tirando a roupa pelo caminho, enquanto Carlito só olha pela fresta. O resultado vocês já podem imaginar...

# 22 Parabéns, Marida!!!

Hoje é aniversário da Marida! Essa figura controversa, um tanto mal-humorada, outro tanto ranzinza, mais um tanto doce e com um montão de bondade no coração. Como qualquer um. A primeira pessoa que me deu abrigo quando eu precisei, quando nem a conhecia direito. Sem nem perguntar o porque. Às vezes vive no mundo da lua, não se toca de algumas coisas que acontecem em volta, mas também se liga de outras coisas que nem percebemos. A carioca mais paulista que conheço, que veio morar com a gente e será sempre nossa marida, mesmo tendo ido embora de casa. Alguém com quem você pode contar nos melhores e piores momentos. Precisou: call Marida!

10.5.08

# 21 Sónar em outubro

Confirmado: Sónar acontece em SP de novo de 3 a 5 de outubro. Quem foi em 2004, na primeira edição brasileira, não esquece jamais. Teve Matthew Herbert, Laurent Garnier, LCD Soundsystem e Chicks on Speed e Tetine. Além de exposições no carambola roxa, vulgarmente conhecido como Instituto Tomie Otake. Vai uma palhinha do Tetine na edição de 2004:



Sorry, só rola no IE, nunca no Firefox. Não é culpa minha...

9.5.08

# 20 at home again

E a terça virou sexta. Depois de alguns dias dormindo no hospital, estou de volta. Quando a gente fica fora descobre que nada como a casa da gente. Aquele cheirinho característico, as coisas nos seus lugares (ou fora deles), a cama gostosa...

4.5.08

# 19 Fora por um tempo

Caros, estarei sem internet. Volto na terça.

# 18 Lazing On A Sunday Afternoon

Words and music by Freddie Mercury

I go out to work on monday morning
Tuesday I go off to honeymoon
Ill be back again before its time for sunnydown
Ill be lazing on a sunday afternoon
Bicycling on every wednesday evening
Thursday I go waltzing to the zoo
I come from london town
Im just an ordinary guy
Fridays I go painting in the louvre
Im bound to be proposing on a saturday night
There he goes again
Ill be lazing on a sunday lazing on a sunday
Lazing on a sunday afternoon

Paco Garcia me mostra uma outra abordagem fantástica do domingão, feita pelo Saturday Night Live:




3.5.08

# 17 Frio nas extremidades

Hoje está acontecendo algo muito estranho comigo: estou com frio! Quem me conhece sabe que raramente eu tenho frio, mas acho que hoje vou te até que colocar uma calça.

1.5.08

# 16 Albert Hofmann RIP

Morreu no dia 29 o cientista Albert Hofmann, o primeiro que sintetizou e utilizou o LSD. Ele tinha 102 anos, o que prova que não há relação de causa e efeito entre usar drogas e se acabar.

28.4.08

# 15 Eu gosto de viajar em grupo

Para entender, visite o blog da minha amiga Ferdi.

25.4.08

# 14 Stefan Pfaffe

Quem diabos é Stefan Pfaffe? O novo integrante do Kraftwerk. Como assim, novo? Eles não são quatro tiozinhos? Sim, são. Mas Florian Schneider, o único que até então havia participado de todas as formações da banda, resolveu não ir para uma série de quatro shows nos EUA, incluindo o headline do festival Coachella. E por que? Ninguém sabe. Ele nunca gostou de excursionar, então especulações dizem que ele resolveu desencanar dos shows e ficar no estúdio. Aparentemente ele está bem de saúde. Teremos que esperar mais um pouco para saber, o que pode significar anos. Por enquanto o operador de vídeo Stefan Pfaffe fica no lugar dele. Até seu robô já foi feito. Confiram uma palhinha do novo Kraftwerk (ele é o primeiro à direita):